segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Centenário de Waldir Calmon (29)

Matéria na “Revista do Rádio”


Reportagem sobre o pianista e compositor Waldir Calmon na Revista do Rádio, edição 439, de 08 de fevereiro de 1958 (pags 26 e 27). A foto acima é da capa da edição e traz a cantora Ângela Maria.

Para ver as fotos em tamanho original, clique nela com o botão esquerdo do mouse e, quando abrir, clique novamente com o botão DIREITO do mouse. Na janela suspensa, clique com o botão esquerdo em "abrir imagem em nova guia". Veja a foto na nova guia e, se aparecer uma pequena lupa com o sinal "+" , na ponta do mouse, clique novamente com o botão esquerdo e terá a foto no tamanho original. Assim, você poderá apreciar melhor qualquer imagem postada aqui no Blogger!




Acima, a música Na Baixa do Sapateiro (Ary Barroso), com Waldir Calmon e Ângela Maria, no sensacional disco Quando os Astros se Encontram (Copacabana, 1958).

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Centenário de Waldir Calmon (28)

Álbum “Ídolos do Rádio e da TV”



Álbum de figurinhas lançado, em 1960, pela editora Vecchi com os atores, cantores e instrumentistas brasileiros mais populares nos anos 50. Cada cromo trazia, na frente, uma foto colorizada do rosto de um artista, dupla ou trio e, no verso, um pequeno resumo de sua carreira. Além de Waldir Calmon (figurinha n° 217), o álbum trazia Marlene, Emilinha Borba, Cauby Peixoto, Paulo Gracindo, Maysa, Chico Anísio, Chacrinha, Trio Nagô etc... Na capa, os rostos desenhados de Nelson Gonçalves, Ângela Maria e Morgana. Para ver as fotos da capa, contracapa e as outras páginas, clique em Fotos do Álbum.

Para ver a foto acima em tamanho original, clique nela com o botão esquerdo do mouse e, quando abrir, clique novamente com o botão DIREITO do mouse. Na janela suspensa, clique com o botão esquerdo em "abrir imagem em nova guia". Veja a foto na nova guia e, se aparecer uma pequena lupa com o sinal "+" , na ponta do mouse, clique novamente com o botão esquerdo e terá a foto no tamanho original. Assim, você poderá apreciar melhor qualquer imagem postada aqui no Blogger!

Abaixo, três vídeos extraídos do vinil Romance sin Palabras (Copacabana, 1965), gravado por Waldir Calmon. Com arranjos belíssimos para sopros e cordas e o ritmo gostoso que caracterizava o trabalho de Waldir Calmon, é um de meus LPs preferidos!

Acercate más (Oswaldo Farres)

Vereda Tropical (Gonzalo Curiel)

Romance Sin Palabras (Chucho Navarro)

Centenário de Waldir Calmon (27)

Waldir Calmon e a volta do vinil



Capa do encarte Revista n° 192, de 30 de março de 2008, do jornal O Globo (RJ). A reportagem de capa fala sobre os atuais colecionadores de vinis antigos e mostra um dos integrantes da banda Brasov, segurando a capa do LP Feito Para Dançar 11, de Waldir Calmon (em destaque). Para ver a foto em tamanho original, clique nela com o botão esquerdo do mouse e, quando abrir, clique novamente com o botão DIREITO do mouse. Na janela suspensa, clique com o botão esquerdo em "abrir imagem em nova guia". Veja a foto na nova guia e, se aparecer uma pequena lupa com o sinal "+" , na ponta do mouse, clique novamente com o botão esquerdo e terá a foto no tamanho original. Assim, você poderá apreciar melhor qualquer imagem postada aqui no Blogger!

Clique em https://www.mixcloud.com/marciacalmon/waldir-calmon-sambas/ para ouvir uma seleção de sambas gravados por Waldir CalmonAquarela do Brasil (Ary Barroso), Rag Mop Samba (Deacon - Willie - Aluísio de Oliveira - Anderson), Concerto de Varsóvia (Addinsel) e Bambolê (Paulo Nunes - Rubens Bassin). Aquarela do Brasil foi gravada originalmente no vinil Samba, Alegria do Brasil (Copacabana Discos, 1958). Rag Mop Samba e Bambolê estão no LP Feito Para Dançar 11 (Copacabana Discos, 1959) e Concerto de Varsóvia está no Clássicos Para Dançar (Copacabana Discos, 1964). Destas, somente Aquarela do Brasil foi digitalizada no belo CD Waldir Calmon - Sua Orquestra, Conjunto e Piano (Revivendo Músicas, 2003). Os solos de guitarra são de Paulinho Nunes.

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Show de Aniversário (3)


Vídeo de "I Could Have Danced All Night" e "Brasileirinho"



Quero agradecer imensamente a todos (e foram muitos!) que foram nos prestigiar em meu show de aniversário no Alegretti, em Copacabana, RJ. Foi uma noite extremamente agradável, entre amigos e familiares, repleta de alegria e paz! Em agradecimento, posto estes vídeos onde interpretamos, Tranka (teclado) e eu (voz), uma das canções da trilha do musical Minha Bela Dama (My Fair Lady): I Could Have Danced All Night (Lerner - Loewe) e o chorinho Brasileirinho (Waldir Azevedo - Pereira da Costa). Vocês podem ver as fotos no link https://www.marciacalmonetranka.com/fotos.htm . Aproveito também para agradecer à minha querida amiga Fernanda Dornelles pelo vídeo, pelas fotos e, sobretudo, pela paciência!




quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Show de Aniversário (2)


Convite

No dia 7 de novembro, quinta-feira, será meu aniversário e farei um show novinho em folha para comemorar a data e também meus 35 anos de carreira! Espero vocês lá! Um abraço!

SERVIÇO:
- local: Alegretti Music Bar
- endereço: Copacabana Rio Hotel (Av. Copacabana, 1256, Copacabana, RJ)
- data: 7 de novembro (quinta-feira)
- horário: 21h
- couvert: R$30,00 (em espécie)
- rolha: R$ 40,00
- reservas: 21 99974 5050 (somente WhatsApp)

A seguir, um vídeo em que convido todos vocês para essa celebração!!! A música de fundo é Corcovado (Tom Jobim), na versão que está em nosso CD Tranka & Marcia - Sob Medida.


domingo, 20 de outubro de 2019

Centenário de Waldir Calmon (26)


O custo de uma noitada no Rio de Janeiro em 1958

 

Matéria na Revista do Rádio n° 462, de 19 de junho de 1958, falando de algumas boates da zona sul do Rio de Janeiro - ainda capital federal - e o custo de uma noitada. A boate Arpège, de Waldir Calmon, está na página 4, em destaque. Para ver as fotos em tamanho original, clique nelas com o botão esquerdo do mouse e, quando abrir, clique novamente com o botão DIREITO do mouse. Na janela suspensa, clique com o botão esquerdo em "abrir imagem em nova guia". Veja a foto na nova guia e, se aparecer uma pequena lupa com o sinal "+" , na ponta do mouse, clique novamente com o botão esquerdo e terá a foto no tamanho original. Assim, você poderá apreciar melhor qualquer imagem postada aqui no Blogger!

- foto 1 (acima): capa da edição 462 da Revista do Rádio
- fotos 2, 3, 4 e 5: matéria sobre boates da zona sul do Rio de Janeiro

2.

3.

4.

5.


No vídeo acima, podemos ouvir o delicioso chorinho Noites Cariocas, do grande Jacó do Bandolim - que, em 2019, também completaria 100 anos!!! Viva Jacó do Bandolim!!!

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Centenário de Waldir Calmon (25)


LP “Midnight in Rio”


Como eu disse em outro post, o sucesso do disco Samba Alegria do Brasil, na Austrália – que recebeu o nome Beat of Brazil – fez com que o selo World Record Club lançasse também o Uma Noite no Arpège 1. O vinil, batizado de Midnight in Rio, tinha o seguinte texto, em inglês, na contracapa: “Waldir Calmon, o jovem e brilhante pianista que fez de sua boate Arpège a Meca para todos os amantes da música dançante latino-americana, já teve um outro disco seu lançado pelo selo World Record – ‘Beat of Brazil’, com ótima vendagem. Agora seu grande talento pode ser apreciado neste novo disco, gravado com o mesmo grupo que toca na Arpège.

Midnight in Rio apresenta a essência da música hipnótica de Calmon, tal qual é executada em sua famosa boate. É esta música exótica e glamorosa da América do Sul que milhares de turistas norte-americanos procuram. É a música que se toca na Arpége e que tem assegurado a venda de milhares de discos de Waldir Calmon.

Dos acordes cintilantes do tema de abertura, In The Still of The Night, passando pela seleção de sambas, mambos e choros, para o final nostálgico, com Auf Wiedersehen, o piano latejante de Calmon, com seus acordes e arpejos, é quase sensual em sua intensidade. O ouvinte talvez tenha até um sentimento de alívio quando encontrar interlúdios ocasionais, acompanhados apenas pela bela seção rítmica.

Um toque incomum, e digno de nota neste tipo de disco, é o uso de vozes na série de sambas que abre o lado dois. Há uma sutileza – muito maior do que pode aparentar para alguns ouvintes. Pesquisadores da música dançante latino-americana acharão este disco particularmente interessante por outra razão: os variados andamentos são absolutamente autênticos e revelam como algumas nuances fazem a verdadeira diferença entre tipos de danças afins, como o samba, o mambo e o choro.”

Nas fotos:
- fotos 1 (acima) e 2: capa e contracapa da edição australiana
- fotos 3 e 4: selos do disco 

2.

3,

4.


No vídeo acima, o Maestro Carioca (que era paulista) e sua orquestra interpretam divinamente Samba no Arpège (Waldir Calmon - Luiz Bandeira) e Apito no Samba (Luiz Bandeira).

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Show de Aniversário

Comemorando novo ciclo astral!


No dia 7 de novembro, quinta-feira, será o aniversário de Marcia Calmon e ela e Tranka Oliveira farão um show comemorando a data! O lugar escolhido foi o Alegretti Music Bar, pequeno e acolhedor, para ficarem bem próximos dos amigos que irão prestigiá-los neste  novo começo de ano astral! O repertório será um pouquinho diferente e com músicas que a dupla não toca há tempos.

SERVIÇO:
  • local: Alegretti Music Bar
  • endereço: Copacabana Rio Hotel (Av. Copacabana, 1256, Copacabana, RJ)
  • data: 7 de novembro (quinta-feira)
  • horário: 20h30
  • couvert: R$30,00 (em espécie)
  • rolha: R$ 40,00
  • reservas: 21 99974 5050 (somente WhatsApp)
  • foto: Adonay Pereira


Acima, vídeo com uma das faixas de nosso CD Tranka & Marcia - Sob Medida: Samba da Bênção (Baden Powell - Vinícius de Moraes) e Samba da Minha Terra (Dorival Caymmi). Este disco foi lançado pelo selo Somil e está (felizmente!) esgotado.